quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Ano Novo!


Procurei na Internet algum texto bem legal para postar aqui para vocês lerem, que fosse inspirador o suficiente para fazer com que pensamentos e idéias surgissem...
Mas resolvi escrever eu mesma...
Bom, como vocês já sabem, a idéia de criar esse blog se deu a partir da vontade de divulgar idéias novas, estudos e novidades no ramo do Autismo e da Alimentação. Além disso, queríamos tornar a vida das nossas leitoras mais leve, mais tranqüila, e que elas encontrassem no blog um momento de alívio, de força e coragem para lutar nessa eterna busca pela melhora do Autismo.

O que eu realmente queria desejar a todos nossos leitores é um ano novo cheio de luz e amor, coragem e determinação! Quero que 2011 seja uma fase nova da vida de todos nós, na qual acordaremos e nasceremos a cada manha, com mais vontade de viver e lutar!
Desejo também que as dificuldades e fraquezas sejam iluminadas e que vocês encontrem a repostas para as dúvidas e angústias pessoais. Que a vontade de crescer seja constante e que o novo possa ocupar um espaço especial na vida da gente!
Enfim, que 2011 represente uma nova chance de mudança que, para que esse mudança realmente ocorra, temos nós mesmo que mudar, de dentro para fora!
Com carinho,
Fga. Marcela Eiras

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Recaída na dieta SGSC

Pessoal,
hoje vim deixar um alerta para todos vocês que acompanham o blog e que estão seguindo fielmente a dieta SGSC!
CUIDADO COM OS "ESCORREGOES" NA DIETA!



Eu estou seguindo a dieta sem Glúten e Sem Caseína à aproximadamente dois meses e meio, e bastante comprometida, realmente não comi nada que havia esses componentes ( com exceção a barra de cereal que eu nem sabia que tinha Glúten). Ontem, completamente faminta e tomada pela TPM, acabei comendo dois pedaços de pizza de mussarela. Pensem só: um organismo que está a quase 3 meses sem G e C, de repente, recebe um dose alta de gordura, glúten e a alta dose de caseína contida na mussarela amarela.
MEU DEUS, passei mal a noite toda... Vomitei, tive diarréia, e agora, já na manhã do dia seguinte, ainda me sinto muito mal, com dor de barriga e o corpo mole. Já liguei para o meu médico e ele disse que se continuar assim, é para eu ir para o hospital.

Então peço a vocês, mães e pais, que estão monitorando a dieta de seus filhos, para ficarem muito atentos. Conforme minha nutricionista, depois de 40 dias sem receber tal tipo de nutriente, o organismo humano passa a ter dificuldades para digeri-lo. Acho que é o que aconteceu comigo, e que queria alertar a todos!!!!

Fiquem de olho na alimentação do seu filho e lembre-se que o organismo dele agora é diferente!

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

A PORTA DO LADO

Com o Ano Novo chegando, nada melhor do que reler esse texto maravilhoso do Dr. Drauzio Varella para que não nos esqueçamos que com um pouco de boa vontade, podemos "tirar de letra" a maior parte dos aborrecimentos que nos aparecem. Para ser feliz é preciso, antes de tudo, querer ser feliz.

A PORTA DO LADO
Drauzio Varella

Em entrevista dada pelo médico Drauzio Varella, disse ele que a gente tem um nível de exigência absurdo em relação à vida, que queremos que absolutamente tudo dê certo, e que, às vezes, por aborrecimentos mínimos, somos capazes de passar um dia inteiro de cara amarrada.
E aí ele deu um exemplo trivial, que acontece todo dia na vida da gente...
É quando um vizinho estaciona o carro muito encostado ao seu na garagem (ou pode ser na vaga do estacionamento do shopping). Em vez de simplesmente entrar pela outra porta, sair com o carro e tratar da sua vida, você bufa, pragueja, esperneia e estraga o que resta do seu dia.
Eu acho que esta história de dois carros alinhados, impedindo a abertura da porta do motorista, é um bom exemplo do que torna a vida de algumas pessoas melhor, e de outras, pior.
Tem gente que tem a vida muito parecida com a de seus amigos, mas não entende por que eles parecem ser tão mais felizes.
Será que nada dá errado pra eles? Dá aos montes. Só que, para eles, entrar pela porta do lado, uma vez ou outra,
não faz a menor diferença.
O que não falta neste mundo é gente que se acha o último biscoito do pacote. Que "audácia" contrariá-los!
São aqueles que nunca ouviram falar em saídas de emergência: fincam o pé, compram briga e não deixam barato.
Alguém aí falou em complexo de perseguição?
Justamente. O mundo versus eles.
Eu entro muito pela outra porta, e às vezes saio por ela também. É incômodo, tem um freio de mão no meio do caminho, mas é um problema solúvel.
E como esse, a maioria dos nossos problemões podem ser resolvidos assim, rapidinho. Basta um telefonema, um e-mail, um pedido de desculpas, um deixar barato.
Eu ando deixando de graça... Pra ser sincero vinte e quatro horas têm sido pouco pra tudo o que eu tenho que fazer, então não vou perder ainda mais tempo ficando mal-humorado. Se eu procurar, vou encontrar dezenas de situações irritantes e gente idem; pilhas de pessoas que vão atrasar meu dia. Então eu uso a "porta do lado" e vou tratar do que é importante de fato.
Eis a chave do mistério, a fórmula da felicidade, o elixir do bom humor, a razão por que parece que tão pouca coisa na vida dos outros dá errado."
Quando os desacertos da vida ameaçarem o seu bom humor não estrague o seu dia... Use a porta do lado e mantenha a sua harmonia.
Lembre-se, o humor é contagiante - para o bem e para o mal - portanto, sorria, e contagie todos ao seu redor com a sua alegria. A "Porta do lado" pode ser uma boa entrada ou uma boa saída...


O Destralhar

 -"Bom dia, como tá a alegria"?
Diz dona Francisca, minha faxineira rezadeira, que acaba de chegar.
"Antes de dar uma benzida na casa, deixa eu te dar um abraço que preste!" e ela me apertou.
Na matemática de dona Francisca, "quatro abraços por dia dão para sobreviver; oito ajudam a nos manter vivos; 12 fazem a vida prosperar".
 Falando nisso, "vida nenhuma prospera se estiver pesada e intoxicada".
 Já ouviu falar em toxinas da casa?
 Pois são:
 - Objetos que você não usa, roupas que você não gosta ou não usa há um ano, coisas feias, coisas quebradas, lascadas ou rachadas, velhas cartas, bilhetes, plantas mortas ou doentes, recibos/jornais/revistas antigos, remédios vencidos, meias velhas, furadas, sapatos estragados...
Ufa , que peso!
 "O que está fora está dentro e isso afeta a saúde", aprendi com dona Francisca.
 - "Saúde é o que interessa. O resto não tem pressa"!, ela diz, enquanto me ajuda a 'destralhar', ou liberar as tralhas da casa...
 O 'destralhamento' é a forma mais rápidas de transformar a vida e ajuda as outras eventuais terapias.


Com o destralhamento:
- A saúde melhora;
- A criatividade cresce;
- Os relacionamentos se aprimoram...
ensina o feng shui, com a delicadeza própria das artes orientais.
Para o feng shui, é comum se sentir: cansado, deprimido, desanimado, em um ambiente cheio de entulho, pois "existem fios invisíveis que nos ligam à tudo aquilo que possuímos".
 Outros possíveis efeitos do "acúmulo e da bagunça: sentir-se desorganizado, fracassado, limitado, aumento de peso, apegado ao passado...
No porão e no sótão, as tralhas viram sobrecarga;
Na entrada, restringem o fluxo da vida;
Empilhadas no chão, nos puxam para baixo;
Acima de nós, são dores de cabeça;
Sob a cama, poluem o sono.
 Então... se dona Francisca falou e o feng shui concordou... nada de moleza!
 -"Oito horas, para trabalhar;
Oito horas, para descansar;
Oito horas, para se cuidar."

Perguntinhas úteis na hora de destralhar-se:
- Por que estou guardando isso?
- Será que tem a ver comigo hoje ?
- O que vou sentir ao liberar isto?

...e vá fazendo pilhas separadas...
- Para doar!
- Para vender!
- Para jogar fora!

E depois de destralhar-se...
- Jogue sal grosso nos ralos,
- Ponha um prato com carvão no quarto (tira os cheiros e as energias ruins);
- Deixe um ramo de boldo em um copo d'água para purificar.

Para destralhar mais: livre-se de barulhos, das luzes fortes, das cores berrantes, dos odores químicos, dos revestimentos sintéticos....
e também... libere mágoas, pare de fumar, elimine ou pelo menos diminua o uso da carne, termine projetos inacabados.

"Se deixas sair o que está em ti, o que deixas sair te salvará...Se não deixas sair o que está em ti, o que não deixas sair te destruirá". Arremata o mestre Jesus, no evangelho de Tomé.

"Acumular nos dá a sensação de permanência, apesar de a vida ser impermanente"; diz a sabedoria oriental.

O Ocidente resiste a essa idéia e, assim, perde contato com o sagrado instante presente.

Dona Francisca me conta que: "as frutas nascem azedas e no pé, vão ficando docinhas com o tempo".
- "A gente deveria de ser assim", ela diz. "Destralhar ajuda a adocicar."

Se os sábios concordam, quem sou eu para discordar...


Texto: Carlos Solano - Arquiteto - Especialista em Feng-Shui

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Jogo usado como terapia

Oi Gente!!
Cheguei na casa da Aninha hoje e o pai dela me mostrou um dos presentes que ela ganhou: o Splatster!
Eu ainda não conhecia, mas achei um MÁXIMO!

Ele é uma espécie de Wii para crianças:
vem com o controle que a criança prende no braço para jogar (tem uma corda que amarra pulso para não soltar o controle) e tem várias opções de jogos.
A criança pode pintar, colorir, fazer círculos, jogar....

Eu, como terapeuta, fui logo analisando para ver como poderia adequa-lo e usar dentro da minha terapia. Pelo o que pude perceber, é um excelente modo de trabalhar o controle motor , a atenção, as ordens simples, o equilíbrio. E o melhor, tudo isso pode ser trabalhado de forma extremamente lúdica, sem que a criança perceba que está sendo "estimulada" diretamente.
Além disso, pode ser usado por horas! Ótimo para as tardes de janeiro de férias escolares, certo?

Alteração dos rótulos

Pois é, cada vez mais se encontram produtos "sem glúten" nas prateleiras dos supermercados. Quando a legislação obriga, as empresas começam a mudar de mentalidades... É já a partir de 2012 que a lei obriga à alteração dos rótulos, em  causa está a  presença de alergéneos.
No caso do glúten a partir de 20ppm, o rótulo terá de dizer "contém vestígios de glúten" 
e a partir de 100ppm, o rótulo terá de dizer "contém glúten".
E se o produto tiver menos de 20ppm poderá dizer "não contém glúten", embora a lei não obrigue a escrever isto, só se o produto for específico para dietas sem glúten.




sábado, 25 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL


Muuuuita saúde, amor, paz, alegria, momentos em família! Estes são os mais sinceros votos do Blog Santa de Casa para nossas leitoras queridas e que nos acompanharam durante os últimos  meses que estamos online!  Por isso, aqui vai a minha mensagem de Natal! Curtam bastante essa comemoração tão especial! Fiquem com suas família o máximo que puderem, porque este é o nosso maior tesouro! Que o dia de todos seja mágico!
Um beijo,
Marcela

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Tentação - número 1

ok, quando eu comecei a minha dieta SGSC eu já sabia das minhas limitações e do que ia passar: natal sem guloseimas.
Ontem foi minha primeira provação: minha avó fez um lanche na casa dela para os bisnetos e eu fui ajuda-la a organizar. Chegando lá, me deparei com a mesa LOTADA de coisas gostosas:



Mas, sabendo disso, fiz o truque de me alimentar ANTES de sair de casa para não passar tanta vontade! Uma hora antes bati uma vitamina de frutas com quinua! 
Essa dica sempre dá certo: se você vai a uma lugar no qual acha que não terá a comida certa para você, se alimente bem antes de sair de casa!!!!!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

NÃO SE ESQUEÇA DA ÁGUA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

No tratamento que a Ana faz nos EUA, uma das prioridades da Dr. Chen é reidratá-la. Isso é essencial para qualquer pessoa, mas para crianças autistas é mais ainda. A desidratação pode aumentar ainda mais seus níveis de intoxicação.
Nessa época, em que o calor só piora, temos que nos lembrar que nossas crianças frequentemente  não sabem identificar a sede que estão sentindo. Muitas se esquecem de tomar água. E na correria e no cansaço de final de ano podemos nem reparar.
Por isso temos que nos lembrar de lhes oferecer líquidos o tempo todo.
Água, sucos, frutas, água de coco, chás, gelatinas, tudo vale. Para não se esquecer, marque um horário. Obrigue-se a lhe oferecer um líquido de hora em hora. Aproveite e tome você também. Seu corpo, seu cérebro e sua pele com certeza vão agradecer.
Experimente bater folhas de erva cidreira com água, gelo e limão. É um dos sucos mais gostosos e refrescantes que já tomei.
Cristina

A importancia de LER os rótulos

Pessoal,
como voces sabem, eu e a Cristina somos de Belo Horizonte.
Um dos maiores supermercados da cidade possui uma sessão bem diversificada de produtos sem glúten: bolos, pães, biscoitos doces e salgados.. tem de tudo!
Eu, que tenho uma rotina diária bem corrida e sem tempo para cozinhar, acabava sempre passando por lá para reabastecer minha geladeira. 



Até o dia que a Cristina me atentou para uma coisa: os produtos são SEM GLÚTEN, mas a maioria possui caseína!!!!!!! COMO EU NAO PENSEI NISSO??????????????????????? poxa, tanto tempo "sabotando" minha dieta sem nem saber disso!!!!!!
Mas isso é uma característica minha, sou pouco atenta a esses detalhes!!! Mas agora já entendi a necessidade de SEMPRE ler o rótulo dos alimentos que compro e consumo. Estou estudando bastante a relação nutriente x bem estar e então já entendo o que posso e devo comer!
Glúten, caseína,  muito açucar, gordura trans estão fora do meu cardápio!!!!! 


terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Suco para melhorar a energia

Gente,
Ontem fui  na CLITEQ, Clínica de Terapia Quântica (http://www.cliteq.com/), para me informar sobre os novos tratamentos de desintoxicação de lá.
Já falei que tento tudo, não é?
Afinal, a alimentação é só uma das coisas com as quais temos que nos preocupar. A desintoxicação é outra, e muito importante.
Falei com Orestes, o responsável pela clínica, que estava preocupada com Ana, mas com Silvia também.  É aquela história, ser irmã às vezes é difícil.
Ele recomendou que fizesse uma energização com ela também, mas me deu uma receita de um coquetel que melhoraria em muito a energia dela, até ela ter tempo de ir lá. Ela tem que tomá-lo 2 vezes ao dia, longe das refeições.
Quando vi a receita pensei: coitada da Silvia!
Hoje de manhã fui fazer para ela e em solidariedade, fiz para mim também.
Receita:
1 clara de ovo;
 ½ copo de suco de caju;
1 colher de sobremesa de mel.
Por incrível que pareça, fica uma delícia. Só que o suco tem que estar bem geladinho.
Fica super cremoso. Vale a pena experimentar.
Fiz bem cedo e saí para trabalhar. Silvia falou que dormiu de novo e teve um sono de 3 horas que valeu por uma noite, e que há muito tempo não tinha um sono tão bom.
Vou fazer outro agora à noite. Espero que tenha o mesmo efeito.

Cristina








domingo, 19 de dezembro de 2010

Organizando nosso tempo

O tempo é um dos bens mais preciosos que possuímos. Se possuímos saúde (para podermos ficar ativos no tempo útil do dia), vontade (para aplicar o que queremos) e administração de tempo (para equalizar tudo que nos cerca), nada mais é necessário, pois todos os demais elementos são conseqüências.
Existem várias maneiras de ganhar tempo, depende de cada um encontrá-las e administrá-las. Mas nada impede de seguir um guia, de tarefas que envolvem todas as pessoas. Uma das principais referências é o artigo How to have a 36 hour day, do Zaadz. Porém, eu já parei com a prática e descobri que não é necessário todo aquele extremismo. É possível ganhar muito tempo com a otimização das tarefas corriqueiras.

Os nove itens “sagrados” para o ganho de tempo diário estão explicados a seguir:

1) Sono 

a) Otimize o seu sono, saiba quantas horas por dia você precisa dormir, e durma e acorde sempre no mesmo horário.
acorde todos os dias no mesmo horário, não importa se você dormiu 20 horas ou 5 da manhã, mas mantenha o mesmo horário para acordar. Com o tempo você e seu corpo acostumam, e você poderá se organizar perfeitamente, sabendo que estará em hora.
c) Faça do seu quarto uma caverna escura e quieta, só assim você poderá descansar de verdade.

b) Se não puder dormir no horário que você planejou,

2) Refeições

Alimente-se de modo saudável, e procure não ficar comendo mais que o necessário (sensação de “estou pesado”), isso atrapalha o seu rendimento em todo o decorrer do dia, e o pior, na hora de dormir.

3) Multi-tarefas

Procure fazer mais em menos tempo. Não que isso venha a resumir “faça rápido e de mal jeito”. A técnica consiste em otimizar tarefas que não consomem tanta atividade mental, em paralelo com outras. Por exemplo: se você tem ligações a fazer e também precisa lavar louça, faça ambas juntas, já que lavar a louça é uma atividade “sem pensamento”, e assim, suas mãos ficam nas louças e seu pensamento no telefone.

4) Organize-se

Um dos itens mais importantes. Sem organização, não existe tempo e dificilmente conclusões bem sucedidas. Uma vez que você organizou seu sono, poderá organizar suas tarefas e compromissos em harmonia, já que seu horário será linear. Comece a se organizar por tarefas pequenas (como as domésticas) e vá extendendo para tudo que você faz. Hoje em dia um dos seus melhores amigos é o computador. 

5) Melhore sua velocidade de digitação

Passamos a maior parte do tempo na frente do computador, lendo e escrevendo. Por isso, uma das primeiras atividades que aprendemos é ficarmos rápidos no mouse, o que é feito sem problemas. Mas, a outra, e mais fundamental é ser rápido na digitação. Quanto mais rápido e menos vezes você olha para baixo, mais tempo ganho e mais atividades simultâneas são feitas. Uma das formas mais tradicionais de melhorar é pegar um artigo de periódico ou páginas de um livro e digitá-los. Tente focar sua visão no texto e não olhar para o teclado.

6) Corte a televisão pela metade

Eu particularmente nem assisto televisão, porque prefiro me informar pela internet, ou quando se trata de filmes, alugo ou vou ao cinema. Mas, se você assiste, procure não ficar muito tempo, ou “viciado”. Como é algo que não requer esforço mental para entender, o tempo passa muito mais rápido que quando lendo uma informação, por exemplo. Procure assistir apenas em horários pré-definidos e que não atropele outros compromissos.

7) Use a ajuda de outros

Se você tiver amigos, família, etc que podem lhe ajudar em algo, não hesite em pedir. Todos gostam de ajudar, quando se tem um envolvimento (amizade por exemplo), e assim, o esforço e tempo a ser investido na tarefa, pode ser reduzido drasticamente.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Potencialização dos efeitos nocivos do Aspartame e do Glutamato

Toda dieta sem glúten e sem caseína que se fala para autistas, na realidade deve ser sem glútem, sem caseína, sem glutamato monossódico e sem aspartame. Fica meio comprido falar tudo isso, mas é o certo. No mínimo, ela tem que ser livre desses 4. Talvez fosse mais fácil falar 4free.
O glúten é a proteína do trigo, do centeio, da cevada e da aveia. Só nesses quatro cereais ele é encontrado. Qualquer alimento derivado deles, inclusive cerveja, é proibido.
A caseína é a proteína do leite animal. Em todo leite animal ela é encontrada. Restam os leites vegetais: soja, arroz, amêndoa, inhame, etc.
O glutamato monossódico é o famoso realçador de sabor. Está presente em quase todas as comidas prontas, que precisam dar uma ‘melhoradinha’, isto é, que seriam intragáveis sem ele.
O aspartame é um adoçante artificial, encontrado em doces, sucos e sorvetes industrializados.
Sobre o efeito do glúten e da caseína já falamos na página Dieta do Autista.
Quanto ao glutamato monossódico e ao aspartame, sabemos que devem ser evitados em dietas de autistas porque são excitotoxinas.  As excitotoxinas reagem com certos receptores do cérebro. Em excesso podem matar certos tipos de neurônios. Não precisamos disso.
Mas o pior sobre o glutamato e o aspartame, eu li hoje no livro CEM ANOS DE MENTIRA, do jornalista investigativo Randall Fitzgerald. Sobre eles e sobre tudo, diga-se de passagem. Fiquei traumatizada com a constatação do nível de intoxicação a que chegamos. Mudar para o mato já não resolve mais e como não podemos mudar de planeta o jeito é ir driblando esses efeitos.
Essa  é só uma das vezes que ele fala sobre o glutamato e o aspartame:
“Sinergia é uma ação simultânea de duas ou mais substâncias químicas (ou processos químicos), cujo efeito total resulta muito maior do que a mera soma dos efeitos individuais das partes envolvidas.
...
. Um estudo laboratorial foi conduzido, durante dois anos, na Universidade de Liverpool (Inglaterra), para analisar quatro aditivos alimentares comuns: o adoçante artificial aspartame, o glutamato monossódico (MSG), e os corantes artificiais quinolina amarela e azul brilhante. Constatou-se que todos eles interagiam sinergicamente de maneira a interferir com o desenvolvimento normal das células nervosas. As misturas entre esses aditivos mostraram-se capazes de produzir efeitos neurotóxicos sobre o crescimento das células nervosas até sete vezes mais potentes do que se as mesmas substâncias fossem utilizadas individualmente   de acordo com os resultados do estudo, publicados em 2005 pela revista científica britânica Toxicological Scienses (Ciências Toxicológicas). A combinação dos aditivos estudados foi encontrada, tipicamente, na circulação sanguínea de crianças imediatamente após a ingestão de um lanche acompanhado de refrescos.”
Ou seja, nem nós nem nossos filhos devemos consumir glutamato e aspartame. Caímos outra vez na mesma: comer comida, comer como antigamente. Tudo o mais natural possível. Felizes os ingleses que têm um Jamie Oliver para brigar por comida de verdade na merenda de suas crianças.
A gente chega lá!
Cristina

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Motivação e sacrifício

"'É impossível avaliar a força que possuímos sem medir o tamanho do obstáculo que podemos vencer, nem o valor de uma ação sem sabermos o sacrifício que ela comporta."



quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Acreditar no novo

Quem disse que o tradicional é sempre a melhor forma de fazer as coisas?
Minha mãe, nada tradicional, esse ano resolver inovar! Disse que não queria a tão famosa árvore de natal verde, com bolas vermelhas e estrela no topo. Olha ai o que ela inventou.. e não é que ficou o máximo?

Faço uso da analogia desse caso para entrar  no assunto da resistência que tenho encontrado nas pessoas hoje em dia em acreditar no NOVO.
Todo mundo aqui no blog sabe como eu e a Cristina gostamos de uma novidade, do “desconhecido”! Pesquisamos sites novos, tratamentos que poucos por aqui acreditam, mas nós ABRAÇAMOS tudo o que nós achamos verdadeiro e coerente.
A ciência cresce e descobre coisas novas a cada dia, e não podemos nos ater ao antigo. O que dava certo no passado não vai deixar de dar certo, mas temos que estar atentas a tudo ao nosso redor que possa nos beneficiar. Um remédio novo, uma técnica inovadora e jamais vista.... As coisas têm que começar e deslanchar, certo? Se confiássemos mais e tivéssemos mais coragem de encarar o novo, abraçando as novas possibilidades na vida, podia tudo ser diferente.
E você?
O que mudaria na sua vida se você ousasse mais, e se deixar-se levar pelas maravilhas que a ciência vem nos proporcionando?

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Crianças Autistas se Desenvolvem Através do Esporte

Gente, não deixem se assistir esse vídeo do Esporte Espetacular
 de 12/12/2010

http://globoesporte.globo.com/videos/esporte-espetacular/v/no-rio-de-janeiro-criancas-autistas-se-desenvolvem-atraves-do-esporte/1391821/


Cristina

Viva mais, e melhor

Pessoal, recebi esse e-mail pela minha assinatura da Revista Psychology Science e achei tão importante que traduzi para voces. Espero que gostem!



Tudo em Harmonia é muito bom!

Sabe-se que o envelhecimento é um processo biológico que pode ser controlado. Há uma série de estudos afirmando que um
estilo de vida saudável é uma das chaves da longevidade. Confira alguns deles:

1. CASE-SE. Segundo estudo publicado no Health Psychology Journal, dos Estados Unidos, as pessoas que se mantêm em longas e bem-sucedidas uniões têm uma expectativa de vida maior em comparação àquelas que se casam novamente ou terminam a vida divorciadas (desde que estejam juntas por amor e não por aparência, conveniência ou obrigação social).

2. EXPRESSE SUAS EMOÇÕES . De acordo com o Journal of Clinical Psychology, da Inglaterra, aqueles que manifestam suas emoções por meio de alguma atividade artística, como cantar, escrever e pintar, são mais saudáveis do que as pessoas que não o fazem.

3. TENHA HORÁRIO. Evite a prática de exercícios entre as 11 da manhã e a 1 da tarde, principalmente em lugares reconhecidamente poluídos. É quando a produção de adrenalina atinge seu pico. O sangue fica mais grosso do que o normal, a pressão arterial sobe e o batimento cardíaco se eleva. Durante essas duas horas, é maior a probabilidade de uma placa de gordura se romper num vaso, o que pode provocar derrame cerebral ou
infarto no coração.

4 SEJA SOLIDÁRIO. Segundo estudo publicado na revista Psychology Science, dar apoio físico ou emocional a outras pessoas reduz em até 60% o risco de morte prematura no idoso.

5. PREFIRA AS COMÉDIAS . O riso espontâneo promove a dilatação dos vasos e melhora o fluxo sanguíneo. Também reduz os níveis de adrenalina e cortisol no sangue e aumenta a liberação de endorfinas, hormônios ligados às sensações de bem-estar e prazer. Quer mais? Ainda emagrece. Estudos da Universidade Vanderbilt, nos Estados Unidos, concluíram que dar boas risadas por um período de dez a quinze minutos faz uma pessoa
queimar, em média, 50 calorias.

6. USE O FIO DENTAL. De acordo com pesquisadores da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, a inflamação bacteriana da gengiva, causada pelo acúmulo de resíduos alimentares entre os dentes, aumenta em 72% o risco de doença cardiovascular.

7. IMITE OS BRITÂNICOS . Ser pontual é bom, mas beber chá é ainda melhor. De acordo com o jornal Phytotherapy Research, o hábito cultivado pelos ingleses pode ajudar no combate à doença de Alzheimer. Estudos indicam também que o consumo de chá reduz os riscos de câncer. O chá verde é o que promete maiores benefícios.

8. LARGUE O CIGARRO. Fumantes regulares vivem, em média, dez anos menos do que um não-fumante. Cerca de 90% dos casos de câncer nos pulmões, a neoplasia que mais mata no Brasil, estão relacionados ao tabagismo.

9. TENHA FÉ (Crer com embasamento e não por fé cega). Segundo o International Journal of Psychiatry and Medicine, ter uma crença forte em algo ajuda a combater o stress e problemas emocionais.

10. BEBA COM MODERAÇÃO. Estudos mostram que o consumo diário de até duas taças de vinho deve fazer parte da receita para uma vida longa. Até a cerveja, quando consumida moderadamente, pode trazer benefícios à saúde, apontam pesquisas recentes.

11. COMA MENOS. Nos Estados Unidos, um estudo comparou cinqüentões que viviam de dieta com outros que consumiam, em média, 2 000 calorias por dia. A conclusão foi que o primeiro grupo teve uma expectativa de vida cerca de 30% maior, além de aparentar ser mais jovem do que os congêneres da mesma idade.

12. MORE PERTO DE UM PARQUE . Um estudo realizado por pesquisadores japoneses concluiu que a expectativa de vida dos idosos que moram próximo a áreas verdes é maior do que a daqueles que vivem cercados de arranha-céus.

13. VÁ DE VERDES. Vegetais verde-escuros, como espinafre, rúcula e brócolis, são ricas em ácido fólico, substâncias que ajuda a manter a integridade do DNA.

14. MANTENHA A MENTE ATIVA . Pesquisas mostram que a doença de Alzheimer tem maior incidência entre as pessoas com baixo nível de instrução. Estudo publicado no New England Journal of Medicine relaciona a leitura, os jogos de cartas e de tabuleiro e as palavras cruzadas com a redução do risco de demência em pessoas com mais de 75 anos.

15. TOME VITAMINAS. Cápsulas de vitamina C são as mais indicadas. Seu consumo ajuda a prevenir a degeneração macular, que afeta 3 milhões de brasileiros e é a maior causa de cegueira em pessoas com mais de 50 anos. Consulte seu médico sobre a dosagem.
16. CURTA O CHOCOLATE. Em pequenas quantidades, ele pode ser benéfico à saúde. Segundo estudo do King's College, de Londres, a quantidade de flavonóides encontrada em 50 gramas de chocolate é equivalente à de seis maçãs, duas taças de vinho ou sete cebolas. Os flavonóides têm sido apontados como importantes armas no combate aos radicais livres.

17. DE PREFERÊNCIA AOS PESCADOS . Peixes de água profunda, como salmão e anchova, são ricos em ômega 3. Esse poderoso antioxidante, segundo o jornal da Associação Médica Americana, pode reduzir em até 81% o risco de morte súbita no homem.

18. FAÇA SEXO. A atividade sexual traz sensações de prazer e bem-estar, combate o stress, aumenta a auto-estima e ainda queima calorias. Estudos mostram que as pessoas sexualmente ativas são mais saudáveis. Segundo a OMS, o sexo é um dos quatro pilares da qualidade de vida, ao lado do prazer no trabalho, da harmonia familiar e do lazer.

19. SEJA OTIMISTA. Após dez anos estudando como a personalidade de uma pessoa pode influir no aumento ou na diminuição da expectativa de vida, pesquisadores holandeses concluíram que ter uma atitude positiva pode diminuir em até 55% o risco de morte prematura.

20. O PULE O CAFÉ-DA-MANHÃ . Pesquisa do Instituto de Gerontologia da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, averiguou que os centenários não costumam dispensar a primeira refeição do dia.

21. TENHA UM ANIMAL DE ESTIMAÇÃO . O conselho foi seguido por operadores da bolsa de valores de Nova York, avaliados em um estudo. Foi tão eficaz no combate ao stress que metade deles suspendeu o uso de medicamentos contra a hipertensão. Quem tem um bichinho em casa vai ao médico com menor freqüência, afirmam pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra.

22. REDUZA O SAL. Essa medida é importante no tratamento e na prevenção da hipertensão arterial, um dos fatores de risco para doença cardiovascular. Evite mais de 6 gramas por dia, o equivalente a uma colher de chá.

23. INVISTA EM CULTURA . Depois de acompanhar 12.000 pessoas por nove anos, pesquisadores suecos observaram que, em média, as chances de uma pessoa alcançar a longevidade foram 36% maiores naquelas que cultivavam o hábito de realizar programas culturais, como visitar galerias de arte, assistir a peças de teatro e freqüentar concertos musicais.

24. SINTA-SE EM CAPRI . Está provado que uma dieta mediterrânea, rica em vegetais, peixes e azeite de oliva, pode afastar doenças como hipertensão, diabetes e obesidade, capazes de alongar a vida em até dez anos. A pesquisa foi feita com 1.507 homens e 832 mulheres, entre 70 e 90 anos, em onze países europeus.

25. ABUSE DO MOLHO DE TOMATE .(Não industrializado) Pesquisas conduzidas pelo médico americano Michael Roizen, autor do livro Idade Verdadeira e fundador do Real Age Institute, um dos mais respeitados centros de estudo da saúde e do metabolismo humano, mostram que dez colheres de molho de tomate ingeridas semanalmente podem reduzir pela metade o risco de ocorrência de onze tipos de câncer. O tomate é rico em licopeno, um antioxidante encontrado nos vegetais vermelhos.

26. DURMA BEM. Estudos sugerem que a falta de sono crônica pode ter um impacto negativo nas funções metabólicas e endócrinas. Quando se dorme menos de cinco horas, há um desequilíbrio no metabolismo.

27. CONTE ATÉ CINCO. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, esse é o número mínimo de porções de frutas e vegetais que uma pessoa deve comer por dia. A OMS defende que uma alimentação balanceada e rica em vitaminas, fibras e minerais pode reduzir em até 40% o risco de câncer.

28. VÁ AO OFTALMOLOGISTA . Depois dos 50 anos, a chamada vista cansada se torna ainda mais comum. Com a idade, também aumentam os riscos de glaucoma e catarata. Além disso, alterações de fundo de olho podem indicar a presença de diabetes e hipertensão.

29. MODERAÇÃO COM A CARNE VERMELHA . Pesquisa sobre hábitos alimentares em dez países europeus concluiu que o consumo diário de carne vermelha aumenta o risco de câncer de intestino em até 35%. Mas não a evite. Proteínas são essenciais para quem faz atividade física egularmente, não só porque dão resistência mas também porque ajudam a tornear os músculos.

30. MOVA-SE. De acordo com a Associação Americana do Coração, o sedentarismo, por si só, aumenta o risco de doença coronariana em, pelo menos, uma vez e meia. Exercícios diários moderados ajudam a aumentar o tempo de vida em até seis anos.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Autismo: a soma de todos os passos.

Quando olhamos para a variedade de características e comportamentos dos autistas, podemos imaginar a dificuldade de achar um tratamento que seja a solução para todos. Cada criança os apresenta  em combinações e níveis diferentes.
Flapping,  não olhar nos olhos, palidez, olheiras, diarréia, prisão de ventre, hipotonia, cansaço, falta de sono, agressividade, epilepsia.
O DR. Jerry Kartzinel é um dos maiores especialistas em autismo dos EUA e após vários anos tratando autistas, fez uma lista de possíveis razões e possíveis remédios para cada uma dessas manifestações. Ao invés de ficar esperando um remédio milagroso, começou a observar e a tratar cada ponto.
Os pontos fortes de seu tratamento são a nutrição, a desintoxicação , o fortalecimento do sistema imunológico, a pesquisa e o combate às alergias e a dieta SGSC.
Cada criança responde de uma forma, mas a maioria responde muito bem aos tratamentos.
Enquanto não temos clínicas como a dele aqui, podemos ir fazendo o que está ao nosso alcance.
Um bom começo é a dieta SGSC, que consiste em tirar o leite, o trigo, a aveia, o centeio e a cevada da alimentação. Algumas crianças precisam tirar outros tipos de alimentos também,  mas a maioria responde muito bem à retirada do glúten e da caseína.
Como estamos entrando no verão, tudo fica mais fácil. Como qualquer tipo de carne, legume, verdura e fruta é permitido, podemos criar uma infinidade de sucos, saladas e pratos quentes.
 Algumas pessoas ficam em dúvida em relação a alguns alimentos, mas todos esses também são permitidos e facilitam bem nosso cardápio:
Arroz, farinha de arroz, macarrão de arroz (bifun),feijão, macarrão de feijão, lentilha, grão de bico, batata, fécula de batata, mandioca, polvilho doce, polvilho azedo, fécula de mandioca, ovos, milho, amido de milho, chá, café, açúcar.
Tudo o mais natural possível!
Como também precisamos desintoxicar nossos filhos, muita água, muito suco, muita fibra. O intestino deles, como o de todos nós, tem que estar funcionando muito bem!
Para completar, boas caminhadas ou boas braçadas numa piscina. Isso oxigena o corpo e o cérebro.
 Se você só tem 15 minutos, não tem problema, aproveite. Fernanda, minha fisioterapeuta, de quem já falei aqui, me deu uma ótima notícia: antigamente achávamos que uma caminhada só fazia efeito se fosse contínua, no mínimo 40 minutos. Hoje isso já mudou. Cada passo vale a pena. Se você só tem tempo para ir até a padaria e voltar, tudo bem.  Mais tarde, uma chegadinha no supermercado. Depois uma volta no quarteirão. Tudo dentro de nossas possibilidades. É o que importa.
Enquanto não vem uma cura milagrosa para nossos filhos, vamos fazendo o que damos conta, o que está ao nosso alcance, passo a passo. Aqui também, é a soma de todos os passos que vai importar.
Cristina

Diversificando na terapia com Autismo


Sexta feira aqui em Bh estava  SUPER quente, uma dia lindo, com NENHUMA nuvem no céu. Propus então fazer a terapia com umas das minhas pacientes em um ambiente diferente, ao ar livre. Fomos ao clube em que nós duas somos sócias, e vocês não podem acreditar no sucesso que foi.

A terapia foi dividida em dois momentos: o de atividade pedagógicas (era dia de trabalhar controle motor fino) e depois era hora de brincar, se divertir.

Não consigo achar palavras para descrever a alegria da Aninha ao entrar na piscina. Foi logo tirando o roupão e se jogou na água. Fez amizades rápido – expliquei para as suas novas “amigas”que a Ana era especial e que precisaria de ajuda para brincar – e foi lindo ver crianças interagindo e ajudando.

Nesse momento, pude trabalhar (sem que a paciente ao menos percebesse) a socialização, as regras sociais, as falas cotidianas, regras de conversação....

Esses momentos externos dentro de uma terapia são extremamente importantes. Aprendi isso em um curso que fiz sobre Alfabetização em Crianças especiais. Para que ocorra aprendizagem tem que ter 3 elementos: atenção, motivação, e assimilação.

Nós, terapeutas, que estamos em contato com nosso paciente diariamente, temos que criar coisas novas, trabalhar em ambientes diferentes, propor atividades diversas – é isso que vai fazer o paciente se motivar e aumentar o tempo de atenção na atividade, e conseqüentemente aumentar a capacidade de aprendizagem.

Não fique presa à sala do seu consultório, nem ao quarto do seu paciente.

Inove. Seja criativa.

Com carinho,
Fga. Marcela Eiras

Para ser feliz

Recebi esse texto por e-mail e amei! Quero dividir com voces!

"O cérebro humano mede o tempo por meio da observação dos movimentos. Se alguém colocar você dentro de uma sala branca vazia, (Big Brother feelings), você começará a perder a noção do tempo. Por alguns dias, sua mente detectará a passagem do tempo sentindo as reações internas do seu corpo, incluindo os batimentos cardíacos, ciclos de sono, fome. Isso acontece porque nossa noção de passagem do tempo deriva do movimento dos objetos, pessoas, sinais naturais e da repetição de eventos cíclicos, como o nascer e o pôr do sol.
Compreendido este ponto, há outra coisa que você tem que considerar: nosso cérebro é extremamente otimizado.
Ele evita fazer duas vezes o mesmo trabalho. Um adulto médio tem entre 40 e 60 mil pensamentos por dia. Qualquer um de nós ficaria louco se o cérebro tivesse que processar conscientemente tal quantidade. Por isso, a maior parte destes pensamentos é automatizada e não aparece no índice de eventos do dia e portanto, quando você vive uma experiência pela primeira vez, ele dedica muitos recursos para compreender o que está acontecendo.
É quando você se sente mais vivo.
Conforme a mesma experiência vai se repetindo, ele vai simplesmente colocando suas reações no modo automático e “apagando” as experiências duplicadas.
Se você entendeu estes dois pontos, já vai compreender porque parece que o tempo acelera, quando ficamos mais velhos e porque os Natais chegam cada vez mais rapidamente….
Quando começamos a dirigir automóveis, tudo parece muito complicado, nossa atenção parece ser requisitada ao máximo. Então, um dia dirigimos trocando de marcha, olhando os semáforos, lendo os sinais ou até falando ao celular ao mesmo tempo. Como acontece?  Simples: o cérebro já sabe o que está escrito nas placas (você não lê com os olhos, mas com a imagem anterior, na mente). O cérebro já sabe qual marcha trocar (ele simplesmente pega suas experiências passadas e a usa, no lugar de repetir realmente a experiência). Ou seja: você não vivenciou aquela experiência, pelo menos para a mente. Aqueles críticos segundos de troca de marcha, leitura de placa são apagados de sua noção de passagem do tempo.
Quando você começa a repetir algo exatamente igual, a mente apaga a experiência repetida.
Conforme envelhecemos as coisas começam a se repetir – as mesmas ruas, pessoas, problemas, desafios, programas de televisão, reclamações, -… enfim… as experiências novas (aquelas que fazem a mente parar e pensar de verdade, fazendo com que seu dia pareça ter sido longo e cheio de novidades), vão diminuindo.
Até que tanta coisa se repete que fica difícil dizer o que tivemos de novidade na semana, no ano ou, para algumas pessoas, na década. Em outras palavras, o que faz o tempo parecer que acelera é a… ROTINA.
A rotina é essencial para a vida e otimiza muita coisa, mas a maioria das pessoas ama tanto a rotina que, ao longo da vida, seu diário acaba sendo um livro de um só capítulo, repetido todos os anos. Felizmente há um antídoto para a aceleração do tempo: M & M (Mude e Marque). Mude, fazendo algo diferente e marque, fazendo um ritual, uma festa ou registros com fotos.
Mude de paisagem, tire férias com a família (sugiro que você tire férias sempre e, preferencialmente, para um lugar quente, um ano, e frio no seguinte) e marque com fotos, cartões postais e cartas. Tenha filhos (eles destroem a rotina) e sempre faça festas de aniversário para eles, e para você (marcando o evento e diferenciando o dia). Use e abuse dos rituais para tornar momentos especiais diferentes de momentos usuais.
Faça festas de noivado, casamento, 15 anos, bodas disso ou daquilo, bota-foras, participe do aniversário de formatura de sua turma, visite parentes distantes, entre na universidade com 60 anos, troque a cor do cabelo, deixe a barba, tire a barba, compre enfeites diferentes no Natal, vá a shows, cozinhe uma receita nova, tirada de um livro novo, escolha roupas diferentes, não pinte a casa da mesma cor, faça diferente, beije diferente sua paixão e viva com ela momentos diferentes.Vá a mercados diferentes, leia livros diferentes, busque experiências diferentes.
Seja diferente.
Se você tiver dinheiro, especialmente se já estiver aposentado, vá com seu marido, esposa ou amigos para outras cidades ou países, veja outras culturas, visite museus estranhos, deguste pratos esquisitos, V-I-V-A. !!!
Porque se você viver intensamente as diferenças, o tempo vai parecer mais longo.
E se tiver a sorte de estar casado(a) com alguém disposto(a) a viver e buscar coisas diferentes, seu livro será muito mais longo, muito mais interessante e muito mais v-i-v-o… do que a maioria dos livros da vida que existem por aí.
Enfim, acho que você já entendeu o recado, não é?
E S CR EVA em
tAmaNhosdiFeRenTes e em CorES di f E rEn tEs !
CRIE, RECORTE, PINTE, RASGUE, MOLHE, DOBRE, PICOTE, INVENTE, REINVENTE…
 
V I V A !!!!!!!! "

sábado, 11 de dezembro de 2010

Bolo de Milharina com Coco Ralado

Este bolo é facílimo de fazer e uma delícia com um cafezinho.

Bolo de Milharina

1 xic de milharina;
1 xic. de leite de soja, uso culinário (sem essência);
1 xic. de açúcar;
1 xic. de coco ralado;
1/2 xic. de óleo;
1 colher de sopa de fermento em pó;
3 ovos.

Bater tudo no liquidificador, despejar em forma retangular untada e assar em forno médio (180º) por 30 minutos.